Prefeitura de Cacoal relata caso de paciente com coronavírus em Cacoal – Paciente veio de Ji-Paraná


A Prefeitura de Cacoal, por meio da Secretaria Municipal de Saúde- SEMUSA e Coordenação de Vigilância em Saúde divulga boletim com casos suspeitos notificados da COVID-19 em Cacoal, atualizado até as 17:00.

Nesta quarta-feira 15, foi notificado o primeiro caso reagente (positivo) para COVID-19 pelo comitê de Cacoal. Trata-se de um paciente do sexo masculino, de 60 anos, residente no município de Ji-Paraná/RO, o qual foi inicialmente atendido no município de origem e encaminhado via Central de Regulação Estadual para o HRC de Cacoal, sendo internado na UTI da Unidade COVID do HRC Cacoal no dia 12/04/2020, onde permanece até o momento.

Conforme informações de familiares, o diagnosticado não viajou para fora do estado, mas no início do mês de abril recebeu a visita do irmão de 67 anos, vindo de Cuiabá. A esposa e filhos estão sem sintomas, no entanto a irmã de 63 anos, também residente em Ji-Paraná, apresentou Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA), vindo a falecer em Ji-Paraná, no dia 14/04/2020, quando estaria também sendo transferida para Cacoal.

Segundo ainda os relatos de familiares, o paciente de 67 anos tem um quadro de doenças cardiovascular e reumatológica e teria apresentado os primeiros sintomas logo em seguida à chegada do irmão de Cuiabá, apresentando febre, tosse, dor de garganta, congestão nasal e dificuldade respiratória. Recebeu os primeiros atendimentos em Ji-Paraná e foi encaminhado para Cacoal, devido o agravamento do quadro.

A Prefeita Glaucione Rodrigues destacou a importância de manter o isolamento social. “Estamos vivendo uma situação muito preocupante, precisamos ter a consciência que o momento não é festa e nem de visitas. O isolamento social é necessário para que não tenhamos aumento de casos no Estado e tão pouco no município”, disse a Prefeita, pedindo a conscientização da população para que mantenham os cuidados conforme as recomendações, como o uso de máscara, álcool gel e o distanciamento, necessários para a prevenção da COVID-19.


CLIQUE AQUI E VEJA O GRÁFICO