Porto Velho: Abrigo recebe doação do MPT de produtos de higiene, de cama e banho e de alimentos

Abrigo recebe doação do MPT de produtos de higiene, de cama e banho e de alimentos

O abrigo provisório para imigrantes, montado e mantido numa parceria da Prefeitura de Porto Velho, via Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf), e a Arquidiocese de Porto Velho, recebeu doação de produtos de higiene e de cama e banho, viabilizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

O MPT/RO ainda reverteu em favor dos assistidos pelo abrigo R$ 28 mil em gêneros alimentícios, e destinou mais R$ 12 mil em produtos de higiene pessoal e de cama (lençóis) e banho (toalhas). Os recursos, totalizando R$ 40 mil, são oriundos de uma multa aplicada em termo de ajuste de conduta (TAC), firmado por uma empresa com o órgão ministerial.

O termo de ajuste de conduta (TAC) foi firmado no 1º Ofício Geral da Procuradoria Regional do Trabalho, sede do MPT em Porto Velho. Para a titular do Ofício, procuradora do Trabalho, Marina Rocha Pimenta, “em momentos de crise, é essencial olhar para quem está passando pelas necessidades mais básicas, como as de moradia, alimentação e higiene. A destinação feita tem como objetivo dar um pouco de dignidade e conforto a essas pessoas”.

A parceria da Semasf com o MPT/RO foi articulada pelo ex-secretário Claudi Rocha e fortalecida pela atual secretária, Adriane Soares, que em nome do prefeito Hildon Chaves, agradeceu ao Ministério Público do Trabalho (MPT) em Rondônia pela doação tão necessária para atender pessoas e famílias em vulnerabilidade nesse momento de pandemia do coronavírus.