Prefeitura de Porto Velho oferece atendimento psicológico aos profissionais da saúde na linha de frente

Prefeitura oferece atendimento psicológico aos profissionais da saúde na linha de frente

A prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), está oferecendo apoio psicológico aos profissionais de saúde do município, principalmente aqueles que estão na linha de frente no combate ao novo coronavírus (Covid-19).

A partir de agora, médicos, enfermeiros, técnicos e outros trabalhadores da área da saúde já podem solicitar atendimento em saúde mental pelo serviço de atenção psicológico, via chamada telefônica. A assistência foi implantada pela divisão de Saúde Mental da Semusa, em conjunto com os Centros de Atenção Psicossocial (Caps).

Profissionais que estejam apresentando quadro de ansiedade, estresse e sofrimento psíquico poderão contatar os psicólogos para acolhimento e orientação através dos telefones: 98473-6073, das 7h30 às 12h30 (segunda a sexta-feira); 98473-6054, no horário das 7h30 às 12h30 e 13h30 às 18h30 (segunda a sexta-feira); 98473-6436, das 7h30 às 12h30 e 13h30 às 18h30 (segunda a sexta-feira) e, ainda, 98473-5782, das 7h30 às 12h30 e 13h30 às 18h30 (segunda a sexta-feira).

 

Segundo a gerente da divisão de Saúde Mental, Dionéia Martins Marinho, “a atenção psicológica via chamada telefônica é uma alternativa para facilitar o acesso de todo servidor público da área da saúde que, devido à pandemia do novo coronavírus, se sinta fragilizado e angustiado”.

A implantação deste serviço é uma orientação do prefeito Hildon Chaves, quem tem manifestado constante preocupação com o bem-estar e qualidade de vida dos profissionais da saúde. “O suporte psicológico é necessário para enfrentarmos essa situação de estresse com saúde mental suficiente para não adoecermos. E esse serviço é uma alternativa para amenizar os efeitos negativos da pandemia da Covid-19 na saúde mental dos nossos servidores”.