Cremero se reúne com médicos para saber sobre atendimento de Covid em Cacoal

A diretoria do Cremero estará em Cacoal entre os dias 24 e 25 de Julho para se reunir pessoalmente com os médicos e avaliar a situação dos hospitais públicos


Por meio de uma videoconferência realizada na noite do dia 06 deste mês, a diretoria do Cremero cedeu a palavra para mais de 50 profissionais do interior do Estado que puderam compartilhar suas experiências a frente do Hospital Regional de Cacoal (HRC) e do Hospital de Emergência e Urgência (HEURO). Estes atualmente responsáveis por todo atendimento durante a pandemia do Covid-19 e demais patologias.
Liderada pelo presidente Dr. Robinson C. Machado Yaluzan, a reunião teve como objetivo principal ouvir as experiências e dar suporte aos médicos do interior na busca por melhores condições na rotina de trabalho e consequentemente na garantia de qualidade no atendimento aos pacientes. “Nosso intuito é a união de todos independentemente de onde estejam. Se parecia existir alguma distância, isso não existe mais. Estamos vivendo a mesma realidade e precisamos discutir soluções para todos problemas apresentados”, enfatizou Dr. Robinson.
A partir dos assuntos apontados em ata, pertinentes ao trabalho do Cremero, será formalizado um documento a ser encaminhado para o Governo. “De forma organizada vamos fazer nossas recomendações e levar estas solicitações para que as medidas sugeridas sejam atendidas e as devidas mudanças feitas do que se fazer necessário”, acrescentou o presidente do Cremero. De acordo com o conselheiro Dr. Willian Alves do Couto, a reunião entre o Cremero e os médicos do HRC/HEURO foi uma oportunidade valiosa de ouvir os anseios dos profissionais de Cacoal que estão enfrentando bravamente essa pandemia, apesar de diversas dificuldades. “Esse encontro por videoconferência estabeleceu um canal de diálogo ágil e aproximou ainda mais os médicos do seu conselho, não os deixando desassistidos”, afirmou.
Segundo a vice-presidente do Conselho, Dra. Ellen Santiago, com tantas situações para se adequar, se faz urgente dar toda atenção ao assunto. “A preocupação que vejo é que se não começarmos a corrigir as falhas desde já, os profissionais e a população sofrerá ainda mais no pós Covid”, finalizou Dra. Ellen Santiago.
A diretoria estará em Cacoal entre os dias 24 e 25 de Julho para se reunir pessoalmente com os médicos e avaliar a situação dos hospitais públicos. (Comunicação/CREMERO).