“Eu prefiro papel”, diz Bolsonaro sobre voto online

A respeito do voto por meio do celular, Bolsonaro disse não ter conhecimento sobre o assunto, mas disse acreditar que existe a possibilidade de fraudes neste modelo

(crédito: Evaristo Sá/AFP)
O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta terça-feira (13/10) que prefere o voto impresso. Segundo o chefe do Executivo, a cédula é a forma ideal de evitar fraudes no período eleitoral. A declaração foi feita após um apoiador questioná-lo sobre voto online, na saída do Palácio da Alvorada.

“Eu prefiro papel. O papel não tem como… O papel, acoplado ao eletrônico, é a forma ideal de não ter fraude em eleições”, apontou Bolsonaro.

A respeito do voto por meio do celular, Bolsonaro afirmou não ter conhecimento sobre o assunto, mas disse acreditar que existe a possibilidade de fraudes neste módulo.

“No telefone não sei como seria, não tenho conhecimento. Mas, no dia das eleições, pode aparecer um cara do lado, comprar o voto de uma pessoa, e essa pessoa votar ali na hora. Isso pode acontecer”, argumentou.
Um dos bolsonaristas lembrou então que nos Estados Unidos, o voto também é impresso. O presidente então replicou: “Não precisa falar mais nada, né?”, concluiu.

Ainda nas eleições municipais de 2020, o voto ocorrerá de modo presencial por meio da urna eletrônica. Porém, o TSE não prevê o retorno da cédula de papel e estuda votação online.

O teste de votação digital acontecerá ainda neste ano, nas eleições municipais. Contudo, apenas em três cidades brasileiras: Valparaíso de Goiás (GO), São Paulo (SP) e Curitiba (PR). No entanto, os votos-teste serão fictícios e não influenciarão no resultado das eleições dos municípios.

https://www.correiobraziliense.com.br/