EDNA MOTA QUER TRANSFORMAR UCS EM UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA)

A candidata Edna Mota (PDT) diz que uma de suas propostas, em sendo eleita, será lutar para que a Unidade Central de Saúde (UCS) atenda 24 como uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que é para isso que aquela estrutura foi construída. Edna conhece bem de perto a UCS, pois teve a missão de colocá-la para funcionar, estruturando e equipando. Na UCS, ela conseguiu colocar o Raio-X para funcionar e evitar que as pessoas tivessem que ir ao HEURO para ter esse tipo de atendimento. Ela afirma que hoje a UCS funciona 24 horas para atender pacientes com sintomas de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

Apesar de ter, porém acredita que com a diminuição dos casos a unidade, precisa voltar a atender a população em todos os casos de saúde, considerando que atendia quase 200 pessoas por dia e hoje esta atendendo de 20 a 30. Como primeira diretora da UCS, entender que essa unidade de saúde tem sua importância, Edna afirma que o real objetivo do investimento na construção do prédio onde hoje funciona a UCS era a implantação de uma UPA, com atendimento à população, 24 horas por dia, sete dias por semana.
Edna Mota diz que é um absurdo a cidade não ter um Hospital Municipal e nem mesmo uma UPA para atender à população. Em sua opinião, é muito ruim que os moradores de Cacoal tenham que ser atendidos apenas em hospitais do Estado, entrando em concorrência com milhares de outros pacientes que vêm de outros municípios.

“Enquanto não temos um hospital municipal, a transformação da UCS em uma UPA já amenizaria o problema. Na UPA o paciente é estabilizado pela equipe médica que tem à disposição equipamento e medicamentos mantendo o paciente na unidade em um periodo de 24h. O paciente que for atendido na UPA será avaliado com classificação de risco e, conforme o caso, será encaminhado para uma Unidade Básica de Saúde ou para HEURO ou Hospital Regional, se for casos mais graves”, diz.

A candidata Edna Mota, concluiu que a transformação da UCS em Unidade de Pronto Atendimento (UPA) vai desafogar o pronto-socorro dos hospitais, garantindo que eles fiquem à disposição para atender os pacientes que apresentem quadros mais agudos e que demandam um tratamento especializado.

Dia 15 de novembro dê seu voto em quem entende e luta pala saúde de Cacoal.
EDNA MOTA 12.123