Café, goiabada e sacos plásticos são reprovados em testes do Instituto de Pesos e Medidas em Rondônia

O Instituto de Pesos e Medidas do Estado de Rondônia (Ipem-RO) realizou a perícia em produtos para conferência de medidas – largura e comprimento – em sacos plásticos. Também foram alvos da vistoria marcas de produtos alimentícios como: café em pó e goiabada.

Duas unidades da mesma marca de goiabada apresentaram 30 gramas abaixo do tolerável

Os produtos foram avaliados para conferir se o consumidor está adquirindo o item conforme as especificações contidas na embalagem.

Na primeira avaliação, a marca de café em pó foi reprovada no critério da média, sendo encontrado 497,5 g no lote coletado. De acordo com a metrologista do Ipem-RO, Elli Maus, de 13 unidades, apenas três haviam 500 g exatos, caracterizando a irregularidade no produto.

Na segunda avaliação, uma marca de goiabada foi reprovada no critério individual, onde duas unidades apresentaram 30 g abaixo do tolerável. “Em uma embalagem foi encontrada 558 gramas, enquanto que na outra foi conferida 569 gramas. Possivelmente pode ter ocorrido algum erro na forma de acondicionamento automatizada do produto na embalagem”, acrescentou.

Já a marca de saco plástico foi reprovada pelo critério de largura. Na perícia, das 13 unidades avaliadas, apenas uma condizia com a largura expressada na embalagem.

As empresas foram notificadas e terão 10 dias para apresentar suas defesas junto ao jurídico do Ipem-RO em virtude da constatação de irregularidade nos produtos.

 

 

 

Fonte
Texto: Alexandre Almeida
Fotos: Alexandre Almeida
Secom – Governo de Rondônia