Federal prende homem com 184 pedras de diamantes em Pimenta Bueno; ele diz que pedras vieram da terra indígena

Um homem foi preso em flagrante pela Polícia Federal (PF) na noite de terça-feira, 3, em Pimenta Bueno, acusado de transportar diamantes ilegais. Questionado pela polícia, o suspeito informou que as pedras eram oriundas do garimpo ilegal praticado em uma terra indígena do estado.

Polícia Federal apreendeu pedras de diamantes, objetos e dinheiro em caminhonete em Pimenta Bueno (RO). — Foto: PF/Divulgação

Nas investigações, policiais que atuam na Base Roosevelt descobriram que ocorreu uma negociação de diamantes na área e que um dos envolvidos estaria em uma caminhonete branca.

A abordagem dos agentes ocorreu em um posto de combustíveis de Pimenta Bueno. Os policiais encontraram um frasco com 68 pedras de diamantes na porta do veículo. Eles também identificaram um esconderijo dentro do automóvel, onde foram encontradas outras 116 pedras.

Na presença do delegado da PF e de um advogado, o homem preso confirmou que as pedras eram mesmo diamantes, oriundos do garimpo ilegal praticado dentro de uma terra indígena.

Os minerais apreendidos foram encaminhados à perícia. Pelo crime, o suspeito pode permanecer preso por até cinco anos.

Fonte: G1 Rondônia