Vereador Paulinho do Cinema lamenta situação de alastramento de pandemia e novas restrições

Em seu discurso na última sessão plenária, o vereador Paulinho do Cinema falou sobre a situação da pandemia no Município, o que levou o governador a incluir Cacoal na fase 03. Ele afirmou que todos os empresários e consequentemente a classe trabalhadora fica prejudicada. Em relação aos cinemas, fica liberado o funcionamento até o limite máximo de 50%, mas isso não permite a venda de nada para ser consumido no local, o que inviabiliza o negócio. Paulinho do Cinema, que é conhecido com esse nome por atuar no ramo do cinema na cidade, disse estar bastante preocupado com essa situação e diz não saber como fazer para pagar os seus funcionários e manter seus empregos.

O vereador, entretanto, reconheceu que a Secretaria Municipal de Saúde vem realizando um excelente trabalho no combate ao coronavírus, mas lamentou o fato de que o recurso utilizado para o enfrentamento à doença acaba por tirar dinheiro destinado a outras áreas da saúde pública cujos problemas não são apenas os relacionados a essa pandemia.

A maior reclamação do vereador do PSB é que parte desse recurso está sendo desviado para pagamento da folha de pagamento, o que, em sua opinião, é algo isso e inadmissível. Antes de encerrar o seu discurso, o vereador disse que o governador do Estado e o seu secretário de saúde precisam rever esse decreto. Com relação à prefeita Maria Simões, ele cobrou a correta aplicação dos recursos que chegam ao município para atender à saúde.