Após reunião sobre o polêmico sorteio das casas do Residencial Cidade Verde, vereadores instituíram de forma espontânea uma comissão para averiguação

Compartilhar

Uma comissão parlamentar para averiguação, composta por cinco membros, foi criada na tarde desta segunda-feira (5), durante reunião com os doze vereadores no plenarinho da Câmara municipal de Cacoal.

O prefeito Adailton Fúria (PSD), o vice-prefeito Cássio Gois (Progressistas), a secretária municipal de ação social e trabalho, Michelle Pavani, e o chefe de gabinete da prefeitura Silvio Machado também participaram da reunião.

Em pauta o imbróglio do sorteio das casas do programa minha casa minha vida, do residencial Cidade Verde.

O ministério do desenvolvimento regional, alega que não autorizou o sorteio, e que se quer recebeu a lista com os nomes dos candidatos que pleiteavam uma residência.

Uma comissão foi formada para ouvir os envolvidos nas esferas do município, onde serão convidados a ex-prefeita Maria Simões, o secretário de assistência social e trabalho Elias Moisés, e a gestora Penha Valli.

Os trabalhos serão coordenados pelo vereador Dr. Paulo Henrique (PTB), que foi nomeado pelos colegas presidente da comissão, em conjunto com os vereadores Luiz Fritz (PSD), João Paulo Pichek (Republicanos), Paulinho do Cinema (PSB), e Edimar Kapiche (PSDB). c.m.c

Compartilhar