Coren-RO é contra disparate em indenizações aos profissionais da saúde

Compartilhar

O referido projeto demonstra a desvalorização aos demais profissionais da saúde que, sejam de nível superior ou médio, receberão o valor igual para todos de R$ 800

Ascom/Coren-RO
Coren-RO é contra disparate em indenizações aos profissionais da saúde
O Conselho Regional de Enfermagem de Rondônia (Coren-RO) vem a público manifestar total desacordo com o Projeto de Lei encaminhado pelo governo do Estado nesta quarta-feira (24) ao Poder Legislativo, que aprovou a criação de verba indenizatória de até R$ 15 mil aos médicos que estão na linha de frente nas unidades de saúde estaduais.

O referido projeto demonstra a desvalorização aos demais profissionais da saúde que, sejam de nível superior ou médio, receberão o valor igual para todos de R$ 800. Não menos importantes que médicos, os profissionais da Enfermagem devem ter o devido reconhecimento pelo trabalho prestado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), em equipes multidisciplinares, e devem receber gratificações justas e necessárias, de acordo com os níveis de titularização.

O Coren-RO entende que o ato governamental aprovado pelos deputados estaduais menospreza a formação acadêmica e científica dos demais profissionais, sendo aí incluídos outras áreas como bioquímicos, biomédicos e farmacêuticos, como em um único “balaio”, sem avaliar as complexidades das atribuições por nível de formação.

Não podemos nos calar diante do cenário de desprezo aos profissionais da Enfermagem que, em um ano de pandemia, arriscam suas vidas, com poucas condições de trabalho, passando por esgotamento físico e mental, mas cumprem com suas atividades de essencial importância na assistência à população. Respeito e valorização aos profissionais de Enfermagem.
https://www.tudorondonia.com/

Compartilhar