Deputado Jair Montes é alvo de operação e afastado do cargo por supostas fraudes na compra de testes da Covid em RO

Compartilhar

Jair Montes teria usado emendas parlamentares em supostas fraudes licitatórias para a aquisição de testes rápidos do coronavírus, aponta investigação.
Por G1 RO

Deputado estadual Jair Montes, de Rondônia — Foto: ALE-RO/Divulgação

O deputado estadual Jair Montes está sendo alvo da operação Aleteia, neste sábado (6), por supostas fraudes em licitação para aquisição de testes da Covid-19. A 3ª fase da operação é realizada pelo Ministério Público de Rondônia e Polícia Civil.

De acordo com a investigação, Jair Montes teria usado emendas parlamentares em supostas fraudes licitatórias para a aquisição de testes rápidos do coronavírus.

A suspeita é que o parlamentar também fraudou a aquisição de outros insumos para a Covid em municípios de Rondônia.

Na operação deste sábado, uma decisão do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) determinou que o deputado seja afastado do cargo por 90 dias (enquanto segue a investigação).

Os agentes da Polícia Civil e MP também cumpriram mandados de buscas e apreensões no gabinete e residência do parlamentar.

A reportagem da Rede Amazônica tenta contato com o parlamentar e sua assessoria. A ALE-RO ainda não se manifestou sobre a ordem judicial para afastamento do deputado.

Envolvimento de mais políticos
A promotoria de Justiça afirma que existem outros políticos, como ex-prefeitos, além de empresários. Os nomes deles, no entanto, não foram divulgados.

Segundo o Tribunal de Justiça de Rondônia, o processo da operação Aleteia está em segredo de Justiça.

Compartilhar