Ex-prefeita e ex-secretário da Semast, esclareceram na Câmara, dúvidas relativas ao sorteio das casas do Residencial Cidade Verde

Compartilhar

A comissão instituída espontaneamente dia (5), pelos vereadores na Câmara municipal de Cacoal, recebeu por volta das 8h desta terça-feira (6), a ex-prefeita Maria Simões, e o ex-secretário da Semast, Elias Moisés, e o presidente do conselho municipal de assistência social José Carlos

.

Os vereadores convidaram a ex-prefeita e ex-secretário, para esclarecer algumas dúvidas pertinentes ao tão polêmico sorteio das trezentas moradias do residencial Cidade Verde.

Elias afirmou que o sorteio, foi realizado dentro da legalidade, respeitando todos os procedimentos do processo legal, na opinião do ex-secretário, a possibilidade de um cancelamento seria desleal com os contemplados com as casas.

“Lendo a manifestação do ministério do desenvolvendo regional (MDR), fica evidente que houve interpretação equivocada do processo realizado pelo município, pois fizemos tudo dentro de uma portaria vigente na ocasião (163), e eles do (MDR), citam a nova portaria (2118), criada a partir de 2020”, esclareceu Elias.

Na tentativa de encontrar a solução, e mostrar a caixa econômica federal, onde está o erro de interpretação de portarias, os vereadores a ex-prefeita, e ex-secretário, formaram uma comitiva para ir a Porto Velho, na próxima terça-feira (13), na superintendência da Caixa.

C.M.C

Compartilhar