Família pede ajuda para tratamento de adolescente que teve corpo queimado em Rio Pardo

Compartilhar
https://www.rondoniagora.com/

A família de Etelvino Mateus de Oliveira Silva Santos, 12 anos, está em busca de apoio para custear o tratamento médico do menino, que sofreu queimaduras de 2° e 3° graus pelo corpo, após um acidente doméstico no último domingo (4) em sua residência, localizada no distrito de Rio Pardo, município de Porto Velho.

De acordo com a mãe da criança, Josiane de Oliveira Silva Santos, o acidente aconteceu no horário do almoço, no momento em que o filho estava preparando a churrasqueira, colocando papel higiênico, óleo e depois ateando o fogo. Na tentativa de aumentar as chamas, ele decidiu colocar o álcool. “Eu ouvi uma explosão e saí correndo, quando vi meu filho em chamas.” Disse a mãe.

Imediatamente, a criança foi levada para a Clínica Santa Tereza, no município de Buritis, próxima ao distrito onde a família mora, em que foi recebida por uma equipe médica que constatou 82% do corpo atingido, com queimaduras de 3º grau nas coxas e mãos, e de 2º grau na barriga e nas nádegas.

A direção da clínica também informou que o tratamento da criança demoraria em torno de 25 dias, dependendo da evolução do paciente, e que o custo sairia em torno de R$ 140 mil, devido à necessidade de estar no centro cirúrgico. “É onde ele é lavado, remove a pele, faz fisioterapia, além da sedação. O tempo acaba sendo um custo alto.” afirmou a mãe.

Ela informou que já recebeu ajuda financeira, mas ainda não é o suficiente para custear todo o tratamento, que exige uma equipe médica.

A família disponibiliza uma conta para quem desejar ajudar com alguma quantia:

Dados bancários

Sicoob
Banco 756
Ag: 3325
C.C: 87591-0
Pix: 976.059.212.68
Ronaldo Carvalho de Freitas (pai de criação)

Compartilhar