Jovem morre eletrocutado ao tentar furtar cabo de energia em subestação

Um jovem de 23 anos morreu carbonizado após após receber uma descarga elétrica em uma subestação de energia de Pimenta Bueno (RO) no último sábado (9). A suspeita é que o jovem entrou no local para tentar furtar a fiação elétrica.

Segundo informações da empresa de distribuição de energia, o rapaz invadiu a área restrita da subestação e se aproximou dos transformadores, quando acabou encostando nos cabos de alta tensão, ele recebeu uma forte descarga elétrica e morreu. Após cair no chão, o corpo da vítima continuou recebendo descarga, até que a rede fosse desligada pela equipe da empresa de energia.

A empresa informou que pelo risco de alta tensão, todo o sistema que abastece Espigão do Oeste (RO), cidade vizinha precisou ser desligado e deixou cerca de 12 mil residências com o fornecimento de energia suspenso.

A Polícia Militar e equipes da perícia da Polícia Civil foram acionados e registraram o incidente. A rede de energia de Espigão do Oeste foi ligada após a perícia policial.

Em nota, a empresa alertou sobre o risco de mexer em fios de alta tensão e pediu que seja denunciada qualquer suspeita de movimentação em suas unidades, além da recepção de materiais elétricos de origem duvidosa.

Nota Energisa

Na noite deste sábado (9), uma tentativa de furto de cabos de alta tensão na subestação de Pimenta Bueno resultou na morte do homem que invadiu a unidade e obrigou a Energisa a desligar todo o sistema que abastece o município de Espigão do Oeste, prejudicando 12 mil clientes. Equipes da empresa já estão na subestação, mas aguardam a perícia policial para restabelecer o serviço.

A Energisa alerta para o risco de se mexer na rede elétrica e pede que atitudes suspeitas em suas unidades ou na receptação de materiais elétricos de origem duvidosa sejam denunciadas às autoridades.

DIÁRIO DA AMAZÔNIA

 

Artigo anteriorBrasil empata em 0 a 0 com a Colômbia pelas eliminatórias
Próximo artigoCão policial encontra 116 kg de drogas em reboque de carro na BR-425 em RO